quarta-feira, 24 de outubro de 2012

A reza

foto:Érica Beltrame

Pela janela ao som de trovões e da forte chuva , busco o fortalecimento para minha luta diária pela transformação, pela entrega ao que o mundo me oferece de melhor, a vida, a paz, as graças das palavras positivas, das ações de amor, a luta diária para ter um amor livre de amargura, de rancor, de insegurança, de falsidade e ódio.

Eu rogo por amor, peço que essa chuva lave a minha vida e a do meu amor, que nos fortaleça diante de tudo que nos enfraquece, que nos una diante de tudo que nos afasta, e que leve todo ódio e todas as pragas rogadas pelos meus inimigos e que os afaste.
Peço que a chuva caía com força e que em uma grande enxurrada arraste meus inimigos de perto, que os limpe, para que eles possam caminhar em paz e que suas palavras e seus desejos pela minha miséria sejam transformados em amor e paz, para que eles não apodreçam em seus próprios desejos.
Assim eu rogo o amor e a paz. 
..Érica Beltrame 

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

O Rompimento

video

Em dias intensos é que surge ás doses da maturidade do aceitar, as novas doses do saber sentir, doses daquilo que vem do coração. Não podemos nos entregar a cegueira da carência à cegueira da emoção. É sábio aquele que se renova em sim mesmo, o renovar é o renunciar. São as novas sementes, se tudo pode acontecer que não haja então somente o continuo, deixe o romper existir, é rompendo que renovamos, é através do rompimento que se é possível o renovar o que se tem que renovar.


Renovar as formas, os feitos e os a fazeres, renovar a si mesmo.
..Érica Beltrame